O que aprendi até aqui

O que começou como uma lista de 30 coisas que aprendi antes dos 30, para dividir com vocês, virou uma carta para a minha versão do passado. Conselhos que eu gostaria de ter ouvido quando era adolescente, mas a pessoa que sou hoje não estava disponível ainda para me ajudar, se tornaram, de certa forma, uma lista de aprendizados que deixaria a Renata de 15 anos orgulhosa e até mesmo esperançosa.

Cada um tem o seu próprio caminho. Algumas experiências são mais tranquilas, outras nem tanto. Lidar com depressão e ansiedade para uma mulher de 30 anos não é fácil, mas posso afirmar que é ainda mais difícil para uma criança/adolescente.

Essa lista, que não tinha a intenção de sair do meu journal, se tornou uma forma de falar comigo e… de certa forma, abraçar todas as minhas versões até aqui. Nem sempre é fácil olhar para quem nós somos com o carinho que merecemos. Mas vamos lá, o que eu aprendi até aqui:

1. Pessoas com 30 anos não são bem resolvidas como a gente imaginava quando tinha 15 anos.

Sim, tem exceções, mas o normal é estar perdida em pelo menos uma área da sua vida.

2. Busque o autoconhecimento.

Faça terapia se puder. A vida fica mais fácil quando aceitamos que precisamos de ajuda.
Obrigada, Linda (minha psicóloga) por ser super psicóloga e me ajudar a não surtar o tanto que eu poderia caso não tivesse você na minha vida. 😂

3. Nem sempre as coisas vão acontecer quando você quer que elas aconteçam.

Mas isso não significa que elas não vão acontecer. Talvez você só não esteja pronta para elas ainda.

4. Você não é essa pessoa única com zero defeitos que pensa que é.

Sei que é chato aceitar, mas é possível que a pessoa tóxica seja você.

5. As pessoas que deveriam ser as suas maiores defensoras talvez não sejam e a culpa não é sua.

6. Tudo bem se sentir inútil para o universo de tempos em tempos.

Você não vai ser produtiva 365 dias do ano. Explica isso para a sua ansiedade… espero que ela entenda.

7. A felicidade não é eterna… e nem a tristeza.

8. Ser “fracassada” em algo é o atestado de que pelo menos você foi lá e tentou.

Não aceite crítica construtiva de quem nunca construiu nada, já dizia o poeta.

9. Sim, existem pessoas que vão ficar felizes com tudo o que dá errado na sua vida. Paciência.

E também existem pessoas que vão torcer por você até o fim.
Mantenha essas pessoas sempre por perto.

10. A fatura do cartão de crédito precisa ser paga.

E provavelmente vai ser paga por você. 😂

11. Chorar não é sinônimo de fraqueza.

Nem pedir ajuda quando as coisas ao seu redor parecem mais difíceis do que deveriam ser.

12. Amigos vem e vão.

Alguns são para a vida toda, outros são para ensinar algo e vários outros são para marcar os momentos especiais que você viveu.

13. Entenda o que te deixa desconfortável e não deixe te colocarem nessa posição de novo.

Nada vale mais do que a sua paz mental.

14. As pessoas mais abusivas que conheci mascaravam humilhação com preocupação e cuidado.

Se alguma coisa soar tóxica para você… é porque geralmente é.

15. Não deixe as pessoas fazerem você se sentir inferior.

Não vale a pena manter uma relação com alguém que nunca vai te ver como igual.

16. Viver no presente é muito mais importante do que focar no passado ou no futuro.

Olhar ao seu redor e perceber que você está vivendo um momento único e aproveitar esse momento não tem preço.

17. Algumas das pessoas mais importantes na sua vida vão seguir o caminho delas e nem sempre você fará parte disso.

18. Todo mundo tem problema.

Até aquela pessoa que sorri e quer parecer positiva o tempo todo.

19. Ser sozinha não significa ser solitária.

Significa que você sabe aproveitar os seus momentos com você mesma da mesma forma que sabe aproveitar os momentos na companhia de outras pessoas.

20. Não deixe para fazer amanhã aquilo que você quer fazer agora.

Aproveita essa energia e vontade de criar e comece hoje mesmo. Neste instante. Agora, agora! 😉

21. Conhecer os seus limites vai evitar muita dor de cabeça.

Saiba dizer não. Para os outros e principalmente para você mesmo.

22. A única pessoa que sabe da sua vida… é você. 🙂

Doido, né? A opinião dos outros nem sempre vem com a melhor das intenções.

23. Mudar de ideia é parte fundamental de ser humana.

Você não precisa concordar com os outros e muito menos com a sua versão de 1 ano atrás. E só porque você gostava de algo, não significa que vai precisar gostar para o resto da vida.

24. Crescer dói, mas não significa deixar de ser quem você é.

25. Nem sempre você vai significar para o outro aquilo que ele significou para você.

Sim, é chato quando isso acontece.

26. Esperar que os outros façam por você o que você faria por eles não funciona na prática.

27. Seguir um caminho diferente do que os seus amigos/conhecidos seguiram, não te faz pior e nem melhor.

Só te faz a pessoa que seguiu um caminho diferente. Não se compare. E também não deixe que os outros comparem você com o que eles acham certo ou errado.

28. Não saber o que você quer ou espera da vida é normal.

Mas você vai chegar em algum lugar de alguma forma.

29. Dormir bem é essencial. Pouca coisa dói mais do que trabalhar/estudar com sono.

30. As risadas de doer a barriga ainda acontecem, mas com menos frequência.

A grande questão é: crescer é muito mais agradável quando a opinião dos outros sobre o que é ou não ser adulta não influencia nas suas descobertas e vivências. Essa tour é só sua.

Pessoas que não sabem lidar com os próprios erros e perdas vão fazer o possível para você não chegar onde elas nunca chegaram. Normalmente, elas abordam com conselhos não solicitados e opiniões que ninguém pediu. O propósito delas é levar você e os seus sonhos para o fundo do poço junto com elas. Perceber quem são essas pessoas nem sempre vem com a rapidez que nós gostaríamos, por isso cuidar da sua saúde mental é tão importante.

Não deixe de ser feliz e fazer o que você gosta porque alguém tem uma opinião diferente sobre como você deveria viver a sua vida. No fim do dia quem vai precisar lidar com as próprias frustrações daquilo que não deu certo, não conquistou ou não teve forças para ir atrás é você. Erre muito, mas erre dentro daquilo que VOCÊ se propõe a errar. E não deixe a negatividade ou toxicidade dos outros estragarem aquilo que é importante na sua vida. Eu fiz isso e me arrependo com mais frequência do que gostaria.

E o mais importante: Pessoas legais existem, sim! O mundo pode ser um lugar incrível, sim! Você só precisa ter coragem, dentro dos seus medos, de ir atrás daquilo que você sempre quis. ❤

2 comentários em “O que aprendi até aqui

    1. Oi, Giordana! Fico super feliz que tenha gostado do blog e do post ❤
      Não tinha pensado na referência com a música da Taylor, mas achei sensacional!
      Muito obrigada pelo seu comentário e espero ver você aqui de novo ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s