Romance safado é o novo YA

Será que ainda sei escrever posts para o blog? Vamos descobrir! 

Pela primeira vez, em muitos anos de leitura, consegui notar uma diferença gigante no meu gosto literário. Depois de diversas ressacas, começar e não terminar livros, acredito que encontrei o que realmente gosto de ler no momento. Este post vem quebrar vários preconceitos literários instalados em mim desde que comecei com o hábito de ler. E não, não vou falar que só leio clássicos agora, até porque né… Eu já fiz isso na época da escola e sendo bem sincera, acho quase todos um saco. 🙂 

Menos Machadão, esse é dono do meu coração. (Sim, a rima foi sem querer).

Voltando para a temática do post antes que eu comece a falar como eu gosto de Taylor Swift. Venho aqui sair do armário e dizer que sim, eu gosto de romance safado. Sendo 100% sincera com você, é o único tipo de livro que consigo ler atualmente. E não se engane achando que romance safado é só romance de época ou sei lá, 50 Tons de Cinza… o buraco é mais embaixo. Literalmente.

Dentro do mundo dos romances existem várias vertentes. Por muito tempo eu só conseguia ler YA, nada mais me interessava e, ainda assim, os livros precisavam ter alguns pontos bem específicos para me prender. Mas o mundo muda e, com ele, os tipos de histórias contadas nesses livros também… Foi mais ou menos aí que eu comecei a perder o interesse. 

Depois de uns dois anos afogada em ressaca literária, percebi que não quero mais ler YA e não me conecto mais com as personagens. Não que antigamente eu tivesse poderes e fosse a única capaz de salvar o mundo e agora que sou “adulta” esses poderes morreram…mas enfim. A questão é que leio para preencher vazios e os problemas, sonhos e desejos que eu tinha com 20 anos não são mais os mesmos que tenho hoje, com quase 30 anos. 

Essa mudança é algo natural e talvez daqui 10 anos eu leia apenas clássicos. Não quer dizer que se você tenha 40 anos não possa ler YA, ok? Sempre bom lembrar, gosto é que nem c…oração de mãe, cabe tudo dentro. 

A questão é que com a idade e a dor nas costas a gente para de se importar tanto com a opinião dos outros e isso influencia muito no que vamos querer consumir. 10 anos atrás eu até poderia ler um romance “podrão”, mas você nunca ia ficar sabendo disso. Meu pensamento mudou, meu gosto literário também.

Um dos motivos de eu ter parado de compartilhar leituras, tanto aqui quanto no instagram, vem muito dessa mudança que vem rolando quando o assunto é livros que tenho interesse. Já passei por todos os vícios possíveis desde o ano passado: boy de banda safado, mafioso safado, boy de época – também safado porque né… e hoje me encontro nos bikers. Sim, no momento eu estou completamente viciada em romance de bikers, o famoso dois homens numa motoman. 

Ler fora da minha zona de conforto me ensinou muito e ajudou demais durante este momento merda que estamos vivendo (se você for do futuro, estou falando da pandemia de 2020/2021). Para mim, os livros sempre foram uma forma de viajar na maionese sem sair do lugar e de viver situações que provavelmente jamais vou viver na vida. 

Não deixei de acompanhar autoras que amava no passado e que estão lançando livros com uma pegada mais adulta, tipo a Jennifer L Armentrout (responsável pelo maior gatilho da minha vida ano passado, oi Zayne tudo bem) e a dona Sarah J Maas que… Um beijo para o Cassian. Também nunca nego um livro novo dos Shadowhunters, porque é quase impossível não querer saber mais sobre essa galerinha do barulho. Menos sobre a Emma, essa pode ir descansar.

Vou trazer posts para o blog (e talvez para o Instagram também, quem sabe né) sobre esses novos tipos de romance que tenho lido. Tenho muitas dicas para dividir e autoras novas que apareceram na minha vida depois que meu horizonte começou a se abrir para os romances safados. 

Se você leu até aqui e quiser dividir comigo o que tem lido, não importa se é YA, NA etc, vou ficar muito feliz. E se você curte um romance safado, vamos trocar figurinhas ❤

5 comentários em “Romance safado é o novo YA

  1. Em um momento tão escasso de prazeres ainda bem que existem os romances safados!
    A série Immortals After Dark da Kresley Cole me acompanha há um ano.

    Curtir

  2. Meninaaaa, tô nessa tb!!! Que bom q não estou sozinha nesses pensamentos ❤
    Sobre o livro da Jennifer L Armentrout que você citou, qual é? Eu to apaixonada pela escrita dela depois de From blood and Ash. A dona Sarah tb caprichou no último livro, o Cassian é simplesmente mara! Desses romances safados, qual foi o melhor pra ti?

    Curtir

    1. Oii, Ana! Esse é o melhor estilo de literatura haha o Romance Safado é vida! ❤
      A Jennifer é maravilhosa! E a série dela que eu citei ali, falando no Zayne, é a The Harbinger, o nome do primeiro livro é Storm and Fury. Super recomendo! ❤ A Sarah caprichou real com o Cassian hahah amei tanto que sinto saudade até hoje.
      Eu amei demais a série Ashes and Embers da Carian Cole, todos os boys safados de banda ganharam meu coração e super recomendo.

      Curtir

      1. SIMMMM,exatamente issoooo, olhando para o infinitooo e absolutamente sem palavras!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
        Aii guria, eu até entendo que o spin-off vai ser legal sabe, vi a live que a Jennifer fez, mas poxaaaaaaaaa, queria taaaanto saber o que houve! =(
        Essas mulheres loucas que ficam deixando nosso coração na mão, dona Sarah e dona Jennifer não são fáceis! -.-
        Guria, tu já chegou a ler a Touch of Darkness? to apaixonada de novo, esses personagens acabam cmgo! Cadê os homens da vida real inspirados nos dos livros!? Preciso de um desses pra ontem! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s