Aleatoriedades · Laura Thalassa · Nível de inglês Básico · Traduções

Autora que a gente adora e recomenda: Laura Thalassa

Oi gente! ❤ Depois de uma longa ausência, olha eu aqui de novo, hehe! Este semestre está um pouco complicado por conta do TCC, mas está acabando e espero voltar a postar com uma frequência maior como antes asap! Também estou aproveitando o feriado para criar alguns posts para os próximos dias, assim, pelo menos por algum tempinho não ficarei 100% sumida, haha. Quanto às resenhas…elas vão demorar um pouquinho para voltar mesmo, enquanto isso, vocês podem saber o que estou lendo e achando das minhas pelo Instagram! ❤

Mas vamos ao que interessa! Hehe

Este ano, eu e a Renata conhecemos uma autora que nos cativou e fez com que fossemos atrás de todos os livros dela: a Laura Thalassa, autora de Pestilence (se vocês puxarem assunto sobre o livro com a Renata, vão ouvir ela falando por horas sobre ele, sério, haha) e uma das leituras mais legais de 2018 (já é quase dezembro, então posso dizer isso com uma certeza maior, certo?)! Já lemos alguns, outros estão na TBR e já adianto: se você quer fantasia/paranormal e muito romance, achou a autora certa!

fonte da imagem: site oficial da autora

A Laura Thalassa escreve livros NA e YA e todos têm o romance bem destacado — o que vamos confessar, tanto eu quanto a Renata amamos isso e ter romance é basicamente um pré-requisito para nossas leituras, sério, haha. Os livros têm uma linguagem simples e ideal para quem quer começar a ler em inglês, já que nenhum deles foi lançado ainda! Abaixo, eis aqui os títulos de cada um dos livros e séries que foram/serão lançados! PS: Pestilence e The Bargainer são nossos favoritos, hehe.

LIVROS NA

fonte das imagens: site oficial da autora

LIVROS YA

Para conhecê-la um pouco melhor, caso você tenha lido até aqui, também traduzi uma entrevista, que fala um pouquinho mais sobre a autora e também sobre o processo de escrita ou como ela faz para lidar com bloqueio, tudo que vocês gostam de ver nos meus diários de escrita e que eu mesma também gosto de saber, haha! Aliás, vocês gostam de entrevistas? Posso trazer algumas traduções de outras autoras! ❤

Ah! Vocês podem encontrar a entrevista completa e original (em inglês) clicando aqui! ❤ Também não deixem de checar o site da Laura Thalassa, que é sempre atualizado com os próximos livros e até como está processo de escrita dela!

Por que você escolheu escrever livros YA Paranormais?
Laura Thalassa: Eu sempre amei ler literatura YA e histórias paranormais. Acho que como a maioria dos leitores que viraram escritores, o que me motivou a escrever esse tipo de literatura em particular foi dar vida à histórias que sempre procurei nas livrarias. Eu sempre amei literatura YA e histórias paranormais, lembro que era obcecada com vampiros quando tinha sete anos (n.t: EU TAMBÉM, VAMOS SER AMIGAS PARA SEMPRE) e por isso, a escolha do gênero foi algo inevitável.

Qual foi o assunto mais estranho que você já escreveu?
L.T.: AAA, eu não sei! Não acho que tenha escrito nada de tão bizarro, mas se paro para pensar, já escrevi sobre super-heróis, vampiros, o diabo, almas gêmeas, pessoas capazes de se teletransportar, conspiração governamentais, o apocalipse… e a lista continua. Acho que tudo que eu escrevo é um pouco estranho!

Qual foi a história mais difícil que você escreveu?
L.T.: O livro mais difícil para mim foi o The Decaying Empire (The Vanishing Girl Book #2) por conta do prazo, que foi muito menor do que eu realmente precisava, além de precisar fazer inúmeras pesquisas.

Qual o seu processo para escrever os livros?
L.T: Eu geralmente planejo (N.T: um processo chamado outlining) e escrevendo conforme as ideias aparecem. Não é algo que funciona para todo mundo, mas para mim é um bom equilíbrio, já que eu sempre tenho uma estrutura inicial e às vezes, cenas que parecem ótimas na ideia inicial não se encaixam muito bem com o que você está escrevendo.

Qual foi sua personagem favorita de criar?
L.T: Minha personagem favorita foi a Serenity Freeman, personagem principal do The Queen of All That Dies, eu gosto tanto dela simplesmente porque ela é muito extraordinária, alguém que testemunha a destruição do país por conta da guerra e que é preparada para uma posição política super perigosa, por conta disso, a mente da Serenity parece funcionar de maneira bem diferente de todas as minhas personagens.

Você acha que alguma das suas personagens refletem a sua personalidade?
L.T: Acho que todas elas refletem facetas da minha personalidade. É difícil de separá-las de mim, apesar de tentar, por exemplo, sempre fui um tanto independente e é possível ver isso nelas. Eu costumo brincar que meu humor aparece por meio da escrita.

Você já precisou lidar com bloqueio de escrita? Se sim, como lidou com isso?
L.T.: O tempo todo. Como minha profissão é escrever, geralmente as contas que preciso pagar são ótimos incentivos. Eu trabalho em um período de oito horas por dia e o que me ajuda a contornar o bloqueio é uma dose de brainstorming (N.T: em uma maneira bem rude, dar um tempo na escrita, respirar um pouco) ou de outlining, geralmente é o que resolve meus problemas. Às vezes também me afasto um pouco e foco em outro projeto por um dia/semana/mês, já que geralmente meus bloqueios estão relacionados a outras histórias implorando para serem escritas.

Quais outras autoras te inspiram?
L.T.: São tantas! Colleen Hoover, Kresley Cole, Katie MacAlister, Meg Cabot, Jennifer L. Armentrout. (N.T: Meg Cabot e Jen Armentrout, preciso dizer que eu também? hahaha)

E esse foi um pouquinho sobre a Laura Thalassa, autora que conquistou eu e a Renata este ano! Vocês já conheciam os livros dela ou já leram? ❤

Ah! Esclarecendo alguns detalhes: N.T. significa Nota da Tradutora e eu posso ter usado um de maneira um pouquinho mais informal do que o costume, já que quis colocar algumas opiniões surtos fangirl durante a tradução! Hehe E quanto aos processos de escrita citados, aguardem que logo menos sai post sobre eles! ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s