Mia Garcia · Nível de inglês Básico · Resenha

Resenha: Even if the Sky Falls, Mia Garcia

Tudo que ela precisa é uma noite para ser quem quiser.
Julie está desesperada por mudança. Ela vai até Nova Orleans com o grupo de jovens da igreja para reconstruir casas e fingir que a sua vida não está uma bagunça completa. Mas com o líder do grupo super grudento e os companheiros super animados, Julie sente-se mais presa do que nunca.
Em um momento de audácia, ela troca suas roupas de trabalhos por uma asa de fada DIY e vai direto para o coração do Mardi Gras de verão, onde ela troca olhares com Miles, um cara totalmente irresistível que tem seus próprios problemas. E finalmente Julie não está preocupada. Ela se joga na chance de ver a verdadeira Nova Orleans em uma noite surreal. Eles dançam sob as estrelas, trocam os segredos mais vergonhosos e se apaixonam.
Mas a aventura toma um rumo inesperado quando um furacão muda seu curso. Quando a tempestade ganha força e Julie é puxada de volta para o caos, ela descobre que fingir que está tudo bem não é mais uma opção.

Skoob | Goodreads

Quem nunca quis deixar algum problema para trás e ir viver a vida como uma nova pessoa, como se nada tivesse acontecido? É o que Julie escolhe e precisa fazer em Even if The Sky Falls. O irmão dela acabou de voltar da guerra e ele voltou um tanto quanto…diferente e suas atitudes resultaram em transformar completamente a inocente e animada Julie em uma pessoa introspectiva e que se afastou de todos de quem era próxima. Tudo que ela precisa é um momento para esquecer de todos os problemas e adotar uma nova personalidade, a Lulu.

É no ambiente no Mardi Gras, o carnaval de Nova Orleans que nós vamos parar, junto da Julie. E eu só posso dizer que a descrição da festa e da cidade de Garcia foi o que me fizeram me apaixonar completamente por esse livro. Quem conhece um pouquinho sobre a cidade, sabe que ela tem toda essa vibe…mágica. O Mardi Gras então, só ajuda nesse cenário! Muitas coisas acontecem nesse livro, que talvez se não fossem ambientadas nesse cenário todo, provavelmente soariam fáceis e perderiam um pouco a graça, especialmente porque rola um instalove ali porque toda a história acontece em um dia. Só que realmente não parece, porque o o bg do Mardi Gras dá uma sensação tão mágica para a história que todas as coisas que perderiam a força ou que soam irreais, na verdade acontece o oposto: tudo ali parece plausível.

Even if the Sky Falls é narrado pela Julie e oscila entre o presente e flashbacks para que a gente entenda o motivo dela querer fugir da sua vida e até mesmo atitudes extremas que tomou por causa disso. O livro lida com questões mentais sérias, mas sem deixar a leitura pesada ou maçante. Porque recebemos uma peça do quebra-cabeça, para logo depois sermos imersos novamente em toda a magia do Mardi Gras e nos momentos deliciosos que a Julie vive.

Além das descrições maravilhosas da autora, também temos uma personagem principal latina, ou seja, algo que não é muito comum em livros YA estadunidenses (mas que estão aumentando cada vez mais). Ou seja, conhecemos uma visão um pouco diferente da cultura branca que estamos acostumados a consumir constantemente e isso é maravilhoso, porque toda a questão familiar da Julie é um pouco diferente. Eu não sei vocês, mas eu adoro conhecer novas culturas assim.

Mas e o romance? Como já falei ali em cima, rola sim o que na visão de muita gente, seria um instalove. A história acontece em um dia, mas a conexão entre o “Miles” (que é um fofo, eu também me apaixonaria por ele em algumas horas, ok? Ok.) e a Julie é totalmente crível e de novo, toda a magia do Mardi Gras acaba fazendo com que os sentimentos rápidos que nasceram não pareçam banais em nenhum momento. Isso é algo que apenas lendo você poderia entender, mas confia em mim, o cenário em que eles estão inseridos.

Há personagens coadjuvantes, mas a maioria deles aparecem nos flashbacks da Julie e falar deles seria um pouco de spoiler, porque ela mesma vai nos dando as informações aos poucos. Quanto aos que aparecem durante o Mardi Gras, é mais gostoso não comentar para deixar a surpresa. Mas são interessantes e assim como o Miles, a gente gosta de imediato. Tirando talvez, um certo cara insuportável…

Eu me apaixonei por Even if the Sky Falls e é difícil falar de pontos negativos. Acredito que o relacionamento da Julie e o Miles seja um deles, para muitos, afinal ele aconteceu em apenas algumas horas. Há também quem reclame do tempo que a história leva para finalmente revelar tudo que aconteceu e que levou a Julie a sentir-se da forma que sente.

Para mim, no entanto, o final foi a parte pior do livro. Muitas coisas acontecem e para compor os últimos momentos, ela e o Miles tomam decisões completamente estúpidas, o que dá claramente para perceber que foi criado para ter um pouco mais de ação, suspense e tensão. Realmente, esses momentos foram um tanto desnecessários, em especial por causa das atitudes idiotas dos dois.

Se você gosta de livros contemporâneos repletos de magia, mas sem terem algo de fantasia, realmente deveria dar uma chance para Even if the Sky Falls. Ou se quiser uma leitura que seja repleta de representatividade, também. Ou melhor, se gostar de contemporâneo, não deixa de ler esse!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s