Wrap-Up

Leituras de dezembro da Flavia

WRAPUP

Começo de um novo mês significa wrap-up! Dezembro foi uma guerra com a minha ressaca/reading slump porque eu simplesmente não conseguia ir pra frente com algumas leituras, mesmo gostando e passava até dias tentando decidir o que ler (isso sem contar a Netflix competindo pela minha atenção). Quando isso vai passar? ;;

Mas chega de drama e vamos logo ao que interessa!

Anohana: Ainda Não Sabemos o Nome da Flor Que Vimos Aquele Dia (AnoHana #1), Mitsu Izumi

Me indicaram o mangá Anohana depois de eu me apaixonar por Orange. Eu achei bem legalzinho, mas não foi aquele amor. Preciso continuar a ler os outros, aliás, haha.

Fantastic Beasts and Where to Find Them — Newt Scamander: A Movie Scrapbook

Eu preciso me controlar com esses livros de Animais Fantásticos, se deixar, eu compro todos. Especialmente os que vêm com alguns “conteúdos” extras como a Maleta e o Scrapbook. Esse livro é bem interessante e super rápido de ler, quando pisquei, tinha terminado. O tipo de leitura rápida ideiam caso você gosta de informações extras de bastidores do cinema.

Heir of Fire (Throne of Glass #3), Sarah J. Maas

Depois de meses, eu FINALMENTE consegui terminar o HOF. Eu tentei terminar esse livro tantas vezes que já perdi a conta e para mim, esse foi o pior da série até o momento (mas sei o que me aguarda em Queen of Shadows, então), um livro com mais de 500 páginas que podia ter sido muito, muito menor. Porque haja enrolação, haja passagem chata que nada acontecia. Eu só consegui terminar porque a segunda parte, foi um tanto melhorzinha. Mas sério, esse livro poderia ter sido escrito em 300 páginas…

Wanderlost, Jen Malone

Acho que Wanderlost foi uma das minhas leituras favoritas de dezembro. Que livro mais fofo! Ele é todo amorzinho — com alguns pequenos absurdos aqui e ali — que todo livro de eurotrip tem, além de super divertido. A personagem principal cresce muito durante a viagem, temos um menino super gracinha e o final, o final foi um dos melhores que eu já vi em contemporâneos do gênero. Amei? Amei.

Wink Poppy Midnight, April Genevieve Tucholke

Uma decepção. Sabe quando um autor se preocupa mais em uma escrita poética do que com o plot do livro? Então…acontece muito disso aqui, além de diversas vezes os personagens ficarem muito infantilizados e o plot não fazer o menor sentido. A realidade fantástica do livro deixa muito a desejar também. Mas hey, pelo menos a capa desse livro é maravilhosa.

My Life Next Door, Huntley Fitzpatrick

Outro livro que terminei depois de mais de ano enrolando. Infelizmente acho que a quebra na leitura acabou fazendo com que ela decaísse pra mim, ou as coisas só desandaram a partir do ponto que eu continuei mesmo. Só sei que o livro começa bom, super fofo — e eu estava adorando —, então depois do grande acontecimento, os dramas começam e quantos dramas e quanta atitude idiota de alguns personagens, que me deixaram com muita raiva.

Lock & Mori, Heather W. Petty

Apesar de ver muita resenha negativa por aí e do instalove, eu simplesmente adorei Lock & Mori. Ele tem seus pontos negativos? Sim, mas nem por isso deixa de ser bom! Se quiser saber o que achei com detalhe, só clicar aqui para ler a resenha que escrevi aqui pro blog! 😀

The Twelve Days of Dash & Lily, Rachel Cohn e David Levithan

Eu adorei Lily & Dash Book of Dares e fiquei bem animada quando a Renata me contou sobre o segundo livro. Tão animada que eu corri para comprar assim que eu soube. Mas quando finalmente peguei pra ler…que decepção. O Twelve Days foi muito mal explorado, o plot super bobinho e sem um terço da magia do primeiro livro, além de passagens um tanto absurdas e sem o menor sentido. Cohn e Levithan podiam ter feito tanto com esses personagens, demoraram cinco anos para escrever sobre eles de novo e…teria sido melhor deixar as coisas como estavam.

My Lady Jane, Cinthya Hand, Brody Ashton e Jodi Meadows

5A Renata quem me convenceu a comprar e ler esse livro. Mas vou confessar que demorei meses para finalmente tomar coragem porque fiquei com o pé atrás…pura idiotice porque sério, uma das melhores leituras desse mês e uma das mais divertidas em muito tempo. Só tinha um autor que me fazia dar risada constante em seus livros e essa pessoa era o Rick Riordan, mas não mais o único. Eu simplesmente não conseguia parar de rir com toda a acidez das autoras e os comentários delas. Fora que tem romance, tem aventura, fantasia (absurda) e ainda transforma a história real em algo bem mais legal. Sério, amei!

Casos de Família, Ilana Casoy

Um livro pesado, mas bem interessante. Eu que me interesso pelo assunto dele, aproveitei bastante a leitura. Se quiser saber direitinho o que achei, escrevi a resenha aqui no blog, só clicar aqui pra ler!

The Diabolic, S.J. Kincaid

A primeira coisa que sempre me chamou atenção nesse livro foi a capa. Eu via pela a internet e babava e comprei mais por ela do que outra coisa. Então decidi ler e…me apaixonei! Eu andava bem meh com distopias, mas essa conquistou meu coração de uma forma. Muito bem elaborado, escrito e com personagens incríveis. A mudança na Nemesis é tipo, sensacional e a metade final do livro de tirar o fôlego. Um dos meus livros favoritos do mês com certeza — aguardem que vai ter resenha dele aqui SIM! ❤

E essas foram minhas leituras de dezembro! E vocês, que livros leram? Ah, se quiserem saber mais sobre as minhas leituras ou resenha de algum deles que não foi resenhado ainda, só pedir que eu faço! ❤

ASSINATURAFLAVIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s