Aleatoriedades

Dicas de escrita

Há tempos atrás, ainda no Psycho Reader, fiz alguns posts com dicas de escrita (parte 1, parte 2, parte 3) para quem gosta de fazê-lo e fica um pouco perdidx na hora de passar as ideias pro papel etc. Pensando nisso e numa mensagem sobre o assunto que recebi hoje, decidi escrever mais uma parte da série de dicas de escrita, dessa vez aqui, hehe.

Uma das grandes dúvidas, que já abordei meio por cima nas primeiras partes dessa série é sobre como começar a escrever. Isso serve para praticamente qualquer coisa, até um trabalho e não apenas para ficção, contos etc. É muito comum a gente ter a ideia na cabeça, mas senta e fica olhando para a página ou tela em branco perguntando-se: e agora, por onde eu começo?

A verdade é que muitas vezes a gente se prende tanto o que está pensando em escrever e em como fazê-lo que acaba ficando difícil de realmente colocar a coisa em prática. A dica aqui é não se preocupar com o resultado nessa fase e simplesmente colocar as ideias no papel.

Muitas vezes, aparentemente elas podem parecer sem sentido ou totalmente fora de ordem, mas isso a gente arruma na revisão ou um pouco mais para frente, quando finalmente as ideias começarem a se ajeitar. Isso é algo que pode acontecer não só no começo, mas ao longo do tempo em que se está criando algo.

Quando se está escrevendo algo mais longo, também pode acabar tendo ideias de algo mais para o futuro. A dica aqui é praticamente a mesma, abra outro arquivo ou pegue uma página em branco e escreva tudo que pensou, porque além das chances de esquece-las no futuro serem grandes, também ajuda você a se organizar no seu trabalho. Muitas vezes, essas ideias “extras” podem acabar nem aparecendo no texto em si, mas trabalhadas com base nelas e “ao redor” delas, resultando em algo muito legal.

Lembre-se: você é quem manda na sua história, no seu texto e você, melhor do que ninguém (ou até é a única pessoa que), conhece seus personagens de forma aprofundada, por isso, tudo que nasce na sua cabeça, mesmo que acabe não indo pro texto é importante para a formação daquilo que está escrevendo e organização das suas ideias. Então, se surgiu alguma coisa, mesmo que não caiba ali naquele momento, anote, anote e olhe para ele depois.

Às vezes aquela ideiazinha torna-se uma cena, um capítulo ou outra coisa. Outras, ela lhe auxilia a compor a sua história e nem aparecem ali realmente. De toda forma, todas as suas ideias são importantes, por isso, não se preocupe apenas em colocá-las de forma completamente organizada no papel, apenas escreva e eu tenho certeza que irão fazer sentido no futuro!

Espero ter ajudado alguém com dúvidas em relação a esses pontos! Se quiserem ver mais textos sobre dica de escrita ou tiverem dúvidas que eu possa ajudar a resolver, não deixem de comentar que eu adoro montar esse tipo de post! ❤

ASSINATURAFLAVIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s