Jennifer L. Armentrout · Nível de inglês Intermediário · Resenha

Resenha: The Problem With Forever, Jennifer L. Armentrout

unnamed-1

SINOPSE

Para alguns, silêncio é uma arma. Mas para Mallory “Mouse” Dodge é uma armadura. Enquanto crescia, ela aprendeu que o melhor jeito de sobreviver era ficar calada e mesmo depois de quatro anos desde que seu pesadelo acabou, ela teme que o medo que a prende no lugar dure para sempre.
Agora, quatro anos estudando em casa e vivendo com pais adotivos amorosos, Mallory deve enfrentar um novo desafio: passar o último ano em uma escola pública. Mas de todos os cenários terríveis ou emocionantes que imaginou, jamais poderia pensar em reencontrar Rider Stark — melhor amigo e protetor que não via desde a infância — no primeiro dia de aula. Não demora muito para que Mallory perceba que a conexão com Rider nunca acabou, mas conforme eles se aproximam, mais aparente é o fato que ela não é a única se esforçando com cicatrizes do passado.
Enquanto assiste a vida de Rider sair do controle, Mallory enfrenta a escolha entre ficar em silêncio ou se pronunciar — pelas pessoas que amam, pela vida que deseja e a verdade que precisa ser ouvida.

Skoob | Goodreads

OQUEEUACHEI

Se vocês nos acompanham desde o PR, sabem que somos super fans da Jennifer L. Armentrout (inclusive já fizemos uma entrevista com ela, só clicar aqui para ler)! Por isso, quando o The Problem With Forever saiu, eu fiquei BEM empolgada para ler. Só tive que esperar alguns meses porque a Amazon não disponibilizava a cópia física do livro meh.

Mas enfim pude ler e gente, deixa eu falar, esse é o melhor livro dela!

É um dos poucos contemporâneos YA dela (geralmente ela escreve mais fantasia no gênero e deixa o contemporâneo para o NA) e a autora se superou tanto em termos de escrita como na história geral, que foi super bem construída, alternando em momentos fofos, tristes e emocionantes. Ela tem uma pegada bem Colleen Hoover nesse livro, inclusive.

A Mallory passou por muita coisa quando pequena e passou praticamente a infância toda, até os 12 anos em uma casa onde ela aprendeu a ficar calada para não apanhar. Coisas acontecem — um dos grandes mistérios do livro, já que descobrimos aos poucos como Mallory finalmente saiu daquela casa — e enfim ela pode sair daquele lugar e é adotada por casal de médicos que perderam a filha a alguns anos atrás. Apesar deles darem tudo para ela e todo o acompanhamento psicológico necessário, a personagem ainda tem muitos problemas. Ela não consegue se achar boa o suficiente, em especial, compara-se à menina que morreu o tempo todo. A personagem cresce demais nesse livro e é realmente incrível acompanhar as mudanças dela.

No entanto, meu maior problema foi a maneira da Mallory falar. O uso das reticências por ela ter esse problema em se comunicar foi um tanto exagerado…

Por outro lado, temos o Rider, que é a pessoa quem viveu todo o pesadelo junto de Mallory e inclusive apanhava no lugar dela. No entanto, apesar de ter tido sorte, a vida dele não ficou tão tranquila quanto à dela e assim como ela, ele tem muitas cicatrizes que não deixa transparecer.Ele é um pouco diferente dos personagens da Jennifer L. Armentrout que estamos acostumas, porque o Rider é um fofo desde o primeiro segundo, afinal, não há espaço para uma personalidade babaca para os dois ali, haha. Assim como a Mallory ele cresce bastante e precisa lidar consigo mesmo e ele também tem uma evolução interessante.

Todo o passado dos dois pesa muito no reencontro e além de lidarem com seus próprios problemas, também precisam lidar com a realidade diferente que vivem. Eles cresceram juntos, mas quatro anos se passaram e muitas coisas mudaram e tudo isso foi construído de forma muito boa. Inclusive os personagens secundários, são daqueles que a gente sente que talvez possam ter seus próprios livros (especialmente a melhor-amiga da Mallory e o melhor amigo do Rider).NOTASENSACIONAL

The Problem With Forever tem algumas coisas clássicas do gênero e do tipo de livro que estão presentes nele. Inclusive toda a discussão de classe social e violência. Há um acontecimento, que apesar de esperado, com certeza vai mexer com quem lê, mas também há aquelas passagens fofinhas e engraçadas que quem já leu algum livro da autora sabe como é!

RECOMENDOSe você já leu algum livro da Jennifer L. Armentrout, não espere muito mais tempo para ler The Problem With Forever e se você curte romances contemporâneos no estilo da Coolleen Hoover, com certeza não vai se arrepender se pegar esse livro. Apenas leiam, sério! Porque os livros da Jen são ❤

ASSINATURAFLAVIA

3 comentários em “Resenha: The Problem With Forever, Jennifer L. Armentrout

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s