Brittany Cavallaro · Nível de inglês Intermediário · Resenha

Resenha: A Study in Charlotte (Charlotte Holmes #1), Brittany Cavallaro

unnamed-1

SINOPSEA última coisa de Jamie Watson quer é uma bolsa de estudos de rugby na Sherringford, uma escola preparatória de Connecticut a apenas uma hora da casa de seu pai ausente. Mas esse não é o único problema: Sherringford também é o local onde Charlotte Holmes estuda, a ta-ta-ta-tara-neta do famoso detetive, que não apenas herdou a genialidade de Sherlock, como também seu temperamento volátil. Com tudo que Jamie ouviu sobre Charlotte, parece que é mais seguro admira-la de longe.
Desde o primeiro segundo que se conhecem, há uma energia tensa entre os dois e parece que ambos estão mais destinados a serem rivais do que qualquer outra coisa. Quando um estudante de Sherringford morre sob circunstâncias suspeitas, de uma forma que parece ter saído direto de uma das histórias mais assustadoras de Sherlock Holmes, Jamie não consegue mais ficar afastado. Ele e Charlotte foram enquadrados por assassinato e apenas ela pode limpar seus nomes. Mas com o perigo aumentando e com nenhum lugar seguro, as únicas pessoas em que podem confiar são eles mesmos.

Skoob | Goodreads

OQUEEUACHEI23272028

Há algumas semanas indiquei o A Study in Charlotte aqui no blog (com diversos easter egs do original) e comentei que era uma das leituras que estava mais ansiosa da minha lista. Claro, que passei o livro na frente de muitos outros e no fim, terminei super rápido e simplesmente amei!

Watson e Holmes são personagens sensacionais e super fácil de se apegar a eles. O Watson, o narrador é aquele personagem que a gente se apega super rápido, embora no começo ele tenha meio que ficado num instalove pela Charlotte e tudo o mais, a gente passa a entender conforme o livro avança que ele realmente sentia ali era algo mais relacionado aos seus ancestrais do que a eles mesmo, mas claro, tudo passa a mudar conforme eles vão se conhecendo melhor.

Já a Charlotte, ela é extremamente enigmática e interessante. Com mil problemas e coisas que viveu no passado e sua genialidade, a gente só vai descobrindo o quão perdida a menina e como ela realmente é alguém que precisa de um apoio como o Watson na vida. Confesso que rolou uma simpatia muito maior com ela do que o próprio Sherlock Holmes e as coisas que ela passa, sério, vontade de entrar nesse livro e pedir ajuda pra menina — que provavelmente negaria porque né, é uma Holmes. Então a gente se manteria só num abraço e oferecendo um ombro amigo, provavelmente recebendo um não de novo, mas ok. Dá vontade, haha.

Ambos os personagens, assim como os originais se completam de forma perfeita! Mesmo com algumas patinadas da autora nos primeiros capítulos em relação aos dois, ela vai acertando tudo com o passar das páginas e no fim, tudo saiu de forma muito perfeita.

A narrativa, que ocorre através do pov do Watson prende muito e é fácil de devorar as 321 em um piscar de olhos, já que tem elementos que conquistam o leitor: um narrador fácil de se gostar, uma história envolvente e um mistério que deixa a gente curioso e com vontade de desvendar logo.

Quanto ao grande assassinato e tudo em relação a ele, eu, que costumo ser a chata que assistiu e leu muitos livros do gênero e descobre logo de cara, vou confessar que demorei um pouquinho pra pegar quem era o grande culpado/assassino (apesar das coisas ficarem bem óbvias a partir de um certo ponto da leitura, mas mesmo assim, isso não estraga nada). Os motivos para os crimes e as escolhas feitas por essa pessoa bem má (haha) também são bem interessantes e dá um ótimo gancho pro próximo volume da trilogia — que eu mal posso esperar!!!

NOTASENSACIONAL

CONSIDERACOESFINAISA Study in Charlotte tem diversos ganchos com a história original, mas ainda assim tem personalidade própria. Como o próprio Jamie diz, ele e a Charlotte não são seus ancestrais, os Watson e Holmes originais, mas isso não significa que isso seja ruim. O livro é uma homenagem ao original sem perder suas características próprias, com personagens secundários e principais fáceis de se gostar e um enredo que prende do começo ao fim, com suas questões paralelas quase tão interessantes quanto o mistério.

RECOMENDOSe você gosta de Sherlock Holmes, vale a pena dar uma chance ao A Study in Charlotte, em especial se gostar de YA assim como eu gosto. O livro entrega tudo que poderia e muito mais!

ASSINATURAFLAVIA

2 comentários em “Resenha: A Study in Charlotte (Charlotte Holmes #1), Brittany Cavallaro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s